A EscolaAtividadesAstrovivênciaAstrológicaPegasusCosmosAtendimento
Direção e Coordenação: Robson Papaleo      
Home
Cursos
Programação
Calendário
Central de Pesquisas
GaiaBrasilis
CBA´s
Sextas na Gaia
Pátio do Colégio
Centro Cultural
Galeria
Quem Somos
Cadastro
Como Chegar
Fale Conosco
Artigos



Astrologia Kármica
De volta ao passado, desenhando seu futuro

Nadia Oliveira
 





São muitos os opositores da Astrologia e o número é muito maior de opositores da Astrologia Kármica. Não vou aqui entrar aqui na defesa da Astrologia, muitos já fizeram anteriormente bem melhor do que eu poderia fazer. Mas é importante entender o porque de tanta crítica à Astrologia Kármica.

A Astrologia Kármica parte da teoria reencarnatória, ou seja, é preciso aceitar a premissa da existência de vidas passadas e de que o mapa astrológico de nascimento não é casual e sim representa um verdadeiro projeto do espírito que está reencarnando.
No mapa de nascimento estão registrados os conflitos principais, as dificuldades, os resgates e os merecimentos. O indivíduo tem acesso (inconsciente) ao seu registro akáshico e o mapa astrológico contêm as informações básicas que compõe sua vida atual, com a finalidade maior de aprendizagem e de evolução espiritual, pois está em harmonia não apenas com seu presente, mas com seu histórico de alma.

Não devemos pensar que o mapa natal traz as informações de todas as características da alma e sim do seu momento atual, o presente de uma jornada que tem um longo passado e um futuro a se desenhar. A Astrologia Kármica pressupõe uma visão espiritual, do próprio astrólogo. Não é necessário seguir uma doutrina específica, seja ela de orientação kardecista, budista etc, o mais importante é ter conhecimento de uma lei maior que a do mundo físico e material que vivemos.
Devido a esta orientação espiritualista, muitas vezes me servi de duas fontes astrológicas que originalmente têm essa linha mais definida, de um lado a Astrologia Védica, que tem sua base na filosofia e cultura védica, profundamente espiritualista e Kármica e a Astrologia Tradicional Ocidental que também está alicerçada na idéia do Divino e de um plano espiritual.

A Astrologia Ocidental é fundamentalmente apoiada na imagem do Sol. Nossa sociedade valoriza a expansão, a criação material e o mundo exterior. O Sol guarda também a essência criativa, a vontade, o masculino, a ambição e o domínio. O Sol por representar a vontade e a energia criativa, também simboliza o espírito, devido a isso na Astrologia Védica é tratado como planeta de natureza maléfica, por sua natureza espiritual e elevada ter características tão distintas da vida material e encarnada.
A Astrologia Oriental é apoiada em uma orientação lunar, de psiquismo mais profundo, emoções instáveis, subjetiva e mais interiorizada. Dela se aproxima mais a Astrologia Kármica.
O mapa astrológico é uma fonte de informações bastante importante para conhecermos a trajetória do indivíduo, porém não devemos imaginar que será traçada uma história rica em detalhes, como se fosse uma regressão ou mesmo um filme, pois o objetivo principal do estudo astrológico kármico na verdade é oposto a esse, ou seja, nos preparamos para o futuro, entender o que nossa verdadeira essência deseja trilhar e conquistar.

Podemos comparar a busca de explicações em vidas anteriores com a atitude de um médico que pergunta ao seu paciente sobre problemas de saúde anteriores ou presentes na família. Isto normalmente é feito para que se estabeleça um histórico detalhado da saúde do indivíduo e a partir dele se encontre a melhor forma de tratamento.
Na Astrologia Kármica também procuramos informações no passado que possam esclarecer situações atuais. Não se deve procurar o passado para vasculhá-lo ou por mera curiosidade, mas somente no que for auxiliar a compreensão do atual estágio do Ser, suas dificuldades, seus potenciais etc.
Esta é talvez a principal questão a ser esclarecida. Não devemos nos preocupar sobre quem fomos, mas quem somos e quem desejamos ser. Para isso, algumas vezes é necessário olhar parte da estrada que deixamos para trás, para entender em que ponto da jornada estamos, o que deixamos no passado e o que ainda carregamos. Na verdade trata-se de um instrumento profundo de conhecimento para alcançarmos o que alguns chamam de Tao, caminho, Dharma, evolução, iluminação etc.

“Tanto a Astrologia no geral, como mais especificamente a Astrologia Kármica, são importantes ferramentas para o Auto-Conhecimento. Enquanto a Astrologia chamada de tradicional nos permite o auto-estudo (swadhyaya) e o conhecimento de tendências e acontecimentos futuros (vidyakaala), a Astrologia Kármica nos mostra as influências de ações passadas (Karma-vasha), nos preparando para a tendência das reações universais e principalmente nos ensinando a interagir com esta lei natural de ação e reação, para que possamos praticar nossos próximos atos de forma consciente sabendo que desencadearão novas reações e para que saibamos que estes ciclos não são baseados em conceitos de bem e mal. Temos então através das Astrologias uma excelente combinação de ferramentas: de um lado o auto-estudo e o estudo do cosmo, do outro lado o estudo das relações entre o interno e o externo, entre o microcosmo e o macrocosmo. 
Tudo aqui é autoconhecimento, tudo aqui é fundamental para a evolução humana”.

Paulo de Jesus Santos


O principal objetivo desse livro é apresentar algumas bases conceituais que tenho desenvolvido; não pretendo montar um manual ou “ensinar” uma fórmula para se interpretar um tema kármico, o mais importante é desenvolver conceitos que devem estruturar toda e qualquer análise astrológica Kármica.

* Texto extraído do CBA nº 06 • Astrologia Kármica • De volta ao passado, desenhando seu futuro • Nadia Oliveira • Março/2006

Nadia Oliveira é formada em Geografia, estuda Astrologia desde a década de 80. Começou a atuar profissionalmente na área de Astrologia a partir de 2001, com atendimentos e aulas. Professora da Gaia Escola de Astrologia na cadeira de Astrologia Kármica, Astrologia Esotérica, Astrologia Eletiva e outras especialidades. Faz parte do Grupo GaiaBrasilis, grupo de astrólogos que elabora pesquisas na área de Astrologia Mundial, tendo apresentado vários trabalhos nessa área.  

Conheça todo o trabalho de pesquisa adquirindo o CBA • Caderno Brasileiro de Astrologia nº 06

É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio, sem permissão dos autores e editores. A violação dos direitos do autor (lei nº 9610/98) é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal.



voltar




© 2017 - Gaia Escola de Astrologia
Unidade SP - Rua Frei Eusébio da Soledade 74 - Vila Mariana - Cep: 04106-030 - São Paulo, SP - Tel: (11) 5084-3256